Persuasão como poder transformador

Verba de comunicação
O poder transformador da persuasão

O poder transformador da persuasão

Você já ouviu falar diversas vezes de persuasão e de ter procurado diversas maneiras para aplicá-la, mas sem muito sucesso. Às vezes confundimos persuasão com imposição. Em outras palavras, tratar as pessoas de maneira rude e sem levar em consideração às suas necessidades. Gosto de uma frase que define be o que é: “persuasão é o uso da delicadeza para convencer uma pessoa a fazer alguma coisa” (John C. Maxwell).

Em uma mensagem, seja ela da maneira que for, quando você se põe no lugar da outra pessoa, a forma de persuadí-la é mais fácil. Mas, para isso, é necessário motivar essa pessoa a cometer alguma ação. E é preciso levar em consideração vários fatores, tais como:

  • o que você espera que a pessoa faça: reação;
  • como fazer para a pessoa executar essa ação: provocar a reação;
  • o que dizer: conteúdo para provocar a reação;
  • a maneira que vai ser feito: convicção em passar a informação;
  • o resultado: conclusão dos atos.

Início da transformação pela persuasão

Com esses fatores apresentados, teremos um ponto de partida para iniciar a “transformação” do indivíduo. Entretanto, todo o cuidado ao utilizar os gatilhos mentais. Pode acontecer da pessoa executar a ação de uma maneira diferente daquela que você sugeriu. Por isso, é muito importante conhecer muito bem com quem você está falando e aplicar a empatia.

As ações ao serem realizadas por meio de delicadezas e sem pressão, com honestidade e clareza, são possíveis de conseguir quase tudo, mas é necessário ter em mente que só terá quase tudo, desde que ajude os outros a terem o que eles querem.

Por essas razões, a persuasão é um item importante em qualquer campanha publicitária. Uma campanha que fale diretamente com o seu público, conte histórias que entretenham e ajudem na venda dos produtos é um projeto de sucesso.

Por data

Categorias: