Agência de publicidade Mokeka | Atibaia

Criatividade é o tempero da marca

Uma certeza eu tenho:🤖¬†os rob√īs n√£o substituir√£o a criatividade. O nosso jogo de cintura, rebolado, intui√ß√£o est√£o muito distantes de qualquer algoritmo que exista. E, neste texto, pretendo apresentar a import√Ęncia da criatividade para a constru√ß√£o de uma marca forte.

agência de publicidade mokeka criatividade é o tempero da marca

A criatividade

Sabe o jeitinho brasileiro, aquela malemolência que só nós temos? O saber dar risada e aproveitar todos os momentos com a melhor perspectiva? Pois é. Nós, brasileiros, somos craques nessa cozinha.

A nossa criatividade é apimentada no dia-a-dia: na superação dos desafios, nas oportunidades aproveitadas, na correção dos rumos após um desvio. Afinal, criatividade é algo que está em nosso DNA desde o momento da concepção. Ela só precisa ser temperada para você sentir seus sabores.

 

Criatividade é repertório

Criatividade é o tempero da marca

Quando eu falo que a criatividade precisa ser temperada é porque você precisa ter repertório para ligar os pontos. Ou seja, quanto mais você aprende com a vida (aqui vale tudo, desde os estudos em escolas, até os estudos de botequim), maior será a sua criatividade. Vale uma dica para os publicitários: criativo não fica preso atrás de uma mesa, trancado em um escritório. Tem que estar na rua, conversando com as pessoas, sentindo o ambiente, vivendo.

Sabe o que tem em comum entre uma banda famosa ou um DJ que todos gostam? São seus repertórios, suas experiências musicais, seus conhecimentos de como entreter uma plateia. Sabe aquele filme criativo que você gosta? Ele deve ter te tocado por causa de alguma experiência em comum que você percebeu.

O repertório é construído a partir do momento que começa a sua vivência social. A convivência com amiguinhos do presinho, da escola, do trabalho e do seu convívio. Repertório não é o que você aprende na escola, mas o que aprende na vida. E, saber juntar os pontos, passa por utilizar a criatividade a seu favor.

LEIA TAMB√ČM:  Descubra como usar o √°udio na campanha publicit√°ria e impactar seu p√ļblico-alvo!

 

Criatividade é só para as artes

Criatividade é só para artes

Meia verdade!

A liberdade criativa fica expl√≠cita nas artes. Nas pinturas, m√ļsicas, campanhas publicit√°rias, filmes, entre outras atividades percebemos e sentimos a cria√ß√£o atuando.

Mas s√≥ o pessoal de humanas pode ser criativo? Claro que n√£o, pessoa de exatas ou biol√≥gicas. Talvez n√£o fique expl√≠cita no seu dia, por√©m, voc√™ faz uso da criatividade na sua profiss√£o. Muitas solu√ß√Ķes de problema surgem do “improviso”. E, esse improviso, √© a sua cria√ß√£o.

 

 

O jeitinho brasileiro

Sabe aquele jeitinho brasileiro que eu falei no come√ßo deste texto? √Č a nossa maneira de criar, de temperar a vida. Desde o nosso “descobrimento” que fazemos uso da criatividade. Isso acontecia por causa da dificuldade que t√≠nhamos – e temos – para acessar os recursos necess√°rios para sobreviver.

O √ļnico problema do nosso jeitinho √© que a corrup√ß√£o tomou proveito disso. Mas, n√£o vamos falar sobre isso. Quero falar apenas dos aspectos positivos.

 

Criatividade nos cl√°ssicos da propaganda brasileira

Muitos cl√°ssicos da propaganda brasileira fizeram e fazem uso do jeitinho. Garoto Bombril, a dupla da Brastemp, cachorrinho da Cofap, animais da Parmalat s√£o alguns exemplos do jeitinho brasileiro. Na √©poca de suas cria√ß√Ķes, o acesso a recursos t√©cnicos era baixo. A maneira de resolver isso foi colocar a criatividade para funcionar.

Os principais comerciais que lembramos s√£o aqueles que possuem um conceito criativo forte e uma mensagem “simples” e direta. O primeiro Valis√®re, Semp Toshiba Quebrada, n√ļmero 1 da Brahma, Hitler para a Folha de S√£o Paulo s√£o alguns cl√°ssicos que fazem uso de uma mensagem simples, por√©m impactante.

Porém, com o avanço da tecnologia, as ideias estão ficando escondidas atrás dos recursos visuais. Mas esse é um assunto para outro momento.

LEIA TAMB√ČM:  Mokeka: 1 ano de hist√≥ria

 

Por que a minha empresa precisa ser criativa?

Para se destacar da concorr√™ncia √© o primeiro argumento. Por√©m, existem outros. Esses podem ser: atrair a aten√ß√£o do consumidor 🙋‍♀️🙋‍♂️, gerar engajamento nas m√≠dias sociais, ser relevante e atraente. Por isso, com esses poucos argumentos, posso afirmar que utilizar a criatividade √© primordial para a sobreviv√™ncia da sua marca. Afinal, produto sem marca √© apenas um produto igual ao do concorrente.

Se não fosse a criatividade, qual seria o energético ou o sabão em pó que você compraria? Se a sua empresa não tem uma marca, e isso não significa apenas um nome e logotipo, passou da hora de providenciar uma. Use a criatividade para alcançar novos mercados e novos consumidores. Atraia o cliente, faça ele se apaixonar por você como se fossem um casal recém casado. Mantenha um bom relacionamento e tenha um posicionamento que expresse o porquê da existência da sua marca.

Lógico que já ouviu a expressão que diz: quem não é visto não é lembrado. Vou além: quem não é desejado, não é lembrado. Torne a sua marca desejada.