Ações de marketing focadas no resultado

Experiência do Consumidor
ações de marketing

Ações de marketing focadas no resultado

As ações de marketing são o resultado de um planejamento estratégico que você elaborou com antecedência, dentro da sua organização.

Ou seja, as ações de marketing existem para responder ao objetivo específico e no tempo certo para a sua organização.

Entretanto, para você definir o objetivo da sua organização, o planejamento de marketing precisa ser guiado por dados.

Mas, mesmo com os dados em mãos, não é fácil criar ações de marketing.

Afinal, você precisa levar em consideração as diversas características do consumidor, orçamento, produto ou serviço, entre outros.

Seja como for, isso é algo que você já sabe.

Enfim, neste artigo eu vou apresentar os diferentes objetivos e explicar sobre as ações de marketing que podem ser executadas.

Objetivos para as ações de marketing

Os objetivos de marketing precisam ser SMART. Ou seja, precisam ser específicos, mensuráveis, alcançáveis, realistas e no tempo certo.

Quando você define com precisão os objetivos, maiores são as chances para alcançar o resultado. Mas, para cada objetivo, uma estratégia diferente.

Eu costumo falar que os objetivos de marketing funcionam como uma bússola. Ou seja, sempre apontará para onde a estratégia deve ir.

Uma breve explicação sobre o objetivo SMART:

  • Específico:
    • O objetivo precisa mostrar qual o problema da empresa que precisa ser resolvido. Além disso, quanto mais detalhado for, mais claro ele será para ser cumprido.
  • Mensurável:
    • O objetivo mensurável é aquele que você pode avaliar se foi alcançado ou não. Ou seja, possua métricas de acompanhamento.
  • Alcançável:
    • É importante que a sua empresa tenha capacidade operacional e técnica para alcançar o objetivo. Por outro lado, se o objetivo for difícil de ser alcançado, a sua equipe pode ficar desmotivada.
  • Realista:
    • Avalie se o objetivo proposto faz sentido para a empresa. Assim como se o esforço da equipe será recompensado.
  • Tempo:
    • Defina em quanto tempo o objetivo precisa ser alcançado. Por isso, estabeleça metas por período para acompanhar os resultados.

Depois desse resumo do objetivo SMART, eu separei alguns exemplos para facilitar o entendimento:

  • A empresa precisa aumentar o faturamento em 10% até o final do mês de junho;
  • Escoar 60% da coleção de verão do ano passado até o final de fevereiro;
  • Aumentar em 15% as hospedagens no hotel durante o feriado de Tiradentes;
  • Obter 30% a mais de respostas positivas na pesquisa de qualidade, até dezembro deste ano.

Principais objetivos de marketing

Vou apresentar 7 objetivos principais de marketing divididos da seguinte maneira:

  1. Aumentar as vendas;
  2. Fidelizar os clientes;
  3. Aumentar a lembrança da marca;
  4. Aumentar a participação no mercado;
  5. Construir e manter bons relacionamentos com parceiros estratégicos;
  6. Educar o mercado;
  7. Engajar os colaboradores.

O pessoal da Rock Content detalhou mais esses objetivos neste link.

Ações de marketing para alcançar os resultados

Você pode realizar diversas ações de marketing separadas ou integradas.

A seguir, eu vou citar alguns exemplos. Mas, não vou separar entre ação digital ou tradicional. Afinal, cada empresa tem seus próprios objetivos. Além disso, cada ação precisa ser executada conforme as suas necessidades.

Publicidade

As ações publicitárias têm o objetivo de apresentar ao público um produto, serviço ou empresa (institucional).

Além disso, as campanhas publicitárias fazem o motor da economia girar. Ou seja, a cada R$ 1 investido em publicidade, gera R$ 10,7 na economia.

Ainda mais, para a sua empresa, as campanhas publicitárias podem aumentar as vendas, gerar lembrança de marca e aumentar a participação de mercado.

Sobre publicidade, estou falando basicamente de anúncios. Ou seja, comercial para TV, anúncios em jornais ou revistas. Assim como a compra de mídia nas redes sociais (Facebook Ads, Instagram Ads, etc). Além desses, há o spot e jingle que podem ser veiculados em rádios ou podcast.

Bem como os anúncios nesses meios, ainda temos as mídias de rua, chamadas de out of home. Em outras palavras: outdoors, faixas, relógios de rua, escadas rolantes, etc.

Assim como as ações de marketing, qualquer ação publicitária precisa ser planejada. Por isso, aqui no blog, têm dois textos que trazem mais informações: vantagens de uma campanha publicitária e planejamento de campanha.

Relações Públicas

Por outro lado, as ações de relações públicas visam o relacionamento com os parceiros estratégicos (stakeholders), com a sociedade e colaboradores.

Ao contrário da publicidade, cuja a principal atividade é auxiliar as vendas, as relações públicas buscam equilibrar a imagem e a identidade da organização.

Em resumo, quando a organização consegue esse equilíbrio, ela transmite mais credibilidade em seu mercado de atuação e junto à sociedade.

Além disso, as ações de relações públicas são responsáveis por fazer a gestão de crise e dar visibilidade para a empresa.

Isso pode acontecer por meio de relacionamento com os clientes, assim como com outros parceiros, com o envio de newsletter ou em publicações nas redes sociais.

Igualmente, por meio da imprensa, com a distribuição de publicações para os principais veículos do segmento da empresa.

Construção de marca (branding)

As ações de marketing para construir uma marca passam pelo posicionamento estratégico, propósito da marca e seus valores.

Acima de tudo, a marca precisa se conectar ao consumidor com personalidade e propósito. Isso possibilita o fortalecimento da organização, além de ajudar nas vendas.

Aqui, no blog da Mokeka, tem um artigo que fala sobre a importância de uma marca forte.

Ações de marketing de incentivo

O marketing de incentivo é o conjunto de ações que visa aproximar a organização dos colaboradores e parceiros comerciais.

Em outras palavras, criam-se diversos modelos de premiação para incentivar as pessoas a realizarem uma ação e, com isso, ajudar a empresa a alcançar os seus objetivos.

E, ao contrário do que se pensa, o marketing de incentivo pode ser aplicado para toda a empresa e não apenas para a equipe comercial.

As premiações podem ser as mais diversas: desde viagens individuais ou em equipe, a churrasco com os setores.

Dessa forma, você premia o desempenho e ainda qualifica a performance individual dos colaboradores.

Ainda é possível envolver fornecedores ou vendedores externos. Tudo vai depender dos objetivos da sua empresa.

Promoção de vendas

A promoção de vendas faz uso de diversas ferramentas, tais como o incentivo e a publicidade, para aumentar as vendas em um curto período de tempo.

Ou seja, enquanto a propaganda apresenta o porquê você deve comprar, a promoção de vendas te incentiva a comprar.

Sendo assim, na promoção de vendas você pode incentivar o consumidor a comprar mais vezes um mesmo produto. Ou, até mesmo, fazer com que ele experimente um lançamento.

Para isso acontecer, é preciso que a sua empresa premie o consumidor com descontos nas compras ou com a realização de sorteio de uma casa mobiliada.

Tudo vai depender dos seus objetivos como empresa.

Ações de marketing de guerrilha

O marketing de guerrilha surgiu como uma resposta das pequenas empresas para competir com as grandes marcas.

Assim como a guerra no Vietnã, cujo os guerrilheiros conheciam muito bem o seu território, as pequenas empresas locais, conhecem suas proximidades.

Com o passar do tempo, as grandes organizações começaram a fazer uso dessa estratégia para aumentar a exposição de suas marcas.

Eventualmente, o investimento no marketing de guerrilha acaba sendo menor que em publicidade ou promoção de vendas.

Tem um texto aqui no blog que trata exatamente sobre o marketing de guerrilha.

Buzz marketing

O buzz marketing é uma ação de marketing que deve ser feita com todo o cuidado. Esse tipo de ação faz com que a sua marca esteja na boca das pessoas.

Eu já falei em outros textos sobre como as marcas devem se preocupar com a sua imagem e reputação. Além disso, já comentei sobre como não ter a sua marca mal falada.

Basicamente, o buzz marketing é construído sobre temas que abordam o tabu, o incomum, o extraordinário, o chocante, o engraçado e o segredo. Sendo que o chocante é o tema mais comum nessa ação.

Entretanto, essa conversa precisa ser monitorada para não despertar as piores conversas.

Isso pode ocorrer, uma vez que o buzz marketing toca em assuntos que podem ser polêmicos para um determinado público.

Geralmente, essas ações ocorrem em ambientes públicos para que as pessoas, além de conhecer a sua existência, conversem sobre você.

Ações de marketing direto

Existe um texto aqui no blog da Mokeka sobre o marketing direto. Essa ação de marketing fala direto com o seu cliente.

Atualmente, os meios de comunicação como o Whatsapp, SMS e e-mail marketing são os mais conhecidos. Mas o marketing direto pode ir além disso.

Você pode utilizar a tradicional mala direta. É um dos meios mais tradicionais e acabamos esquecendo o impacto que causa em quem recebe.

A venda pessoal é uma outra ação de marketing que você pode executar para conquistar o cliente. Essa ação remete ao uso dos catálogos e o contato direto com o público.

Além dessas, você ainda pode fazer uso do telemarketing. Entretanto, eu recomendo para tomar muito cuidado com essa ação. Não seja o chato que fica incomodando as pessoas.

Conclusão

Como você pode ver, são várias as ações de marketing que a sua empresa pode utilizar para atingir os seus objetivos. Além disso, existem outras ações que são desdobramentos dessas.

Entretanto, o que eu sempre aconselho é, pense um planejamento de marketing integrado, que envolvam várias ações. Você ficará surpreso com os resultados que alcançará.

Por data

Categorias:

Campanhas realizadas em dezembro

Experiência do Consumidor
Campanhas de dezembro

Campanhas realizadas em dezembro

As campanhas realizadas no último mês de 2020 foram para sustentar as ações anteriores criadas e aproximar as marcas de seus clientes. Afinal, 2020 foi um ano muito diferente. E, nada mais importante que manter um bom relacionamento com a sua própria base.

Conheça a Gesini

A trajetória do Grupo Gesini iniciou-se em 1985 com a percepção de seus fundadores para a necessidade de abastecer o mercado com brindes promocionais em PVC.

Já em 1986, nasce oficialmente a Gesini Brindes, numa época em que surgiam os primeiros atacadistas de brindes, despontando-se como uma das principais fornecedoras de brindes promocionais e embalagens em PVC.

Campanhas realizadas para o Grupo Gesini em dezembro

Para a Gesini Brindes criamos uma campanha de relacionamento com seus clientes “frio”, reaquecendo a base. Isso ocorreu por meio de uma campanha de e-mail marketing. Essa campanha tratou sobre a nova loja online da marca.

Para a Gesini Para Casa foi criada uma campanha de relacionamento por meio do Whatsapp. Além disso, a campanha de posicionamento de marca nos links patrocinados continuou no ar durante todo o mês.

A Jesus de Mari

Fundada em 1982, em Atibaia, a Jesus De Mari conta com uma área de 91.000 m², com excelente infraestrutura e uma linha de produção eficiente e rápida, além de uma frota preparada e apta para agilizar o processo de entrega.

Ao longo dos anos, a empresa consagrou sua marca e consolidou seu nome devido à excelente qualidade de seus produtos, fabricados com matérias-primas de primeira linha e tecnologia de ponta.

Campanhas realizadas para a Jesus de Mari em dezembro

Já para a Jesus de Mari criamos uma nova linha de assinaturas de e-mail, mantivemos o relacionamento com a base de seguidores nas redes sociais e com os clientes por meio de e-mail marketing.

Além das campanhas realizadas de relacionamento, também esteve no ar as campanhas de atração de novos clientes e posicionamento da marca.

Por data

Categorias:

Estratégias para a black friday

Estratégias para a Black Friday
Estratégias para a Black Friday

estratégias para a black friday

Estratégias para a black friday é algo que devem ser pensadas e planejadas com boa antecedência, uma vez que essa data ganhou grande importância no comércio varejista.

A black friday ocorre sempre na última sexta-feira de novembro. É uma tradição do mercado americano que as principais varejistas concedam grandes descontos em seus produtos.

Aqui neste link, comentamos sobre as transformações da sociedade devido à pandemia e sobre o consumo para a black friday deste ano.

Neste texto, trazemos algumas ações que podem melhorar a sua comunicação e o resultado que a sua empresa pode obter durante a black friday.

Estratégias para antes do dia

  1. pensando no novo comportamento do consumidor, boa parte das compras ocorrerá em ambiente digital. Mas, para isso, conheça bem a infraestrutura do seu comércio eletrônico para evitar quedas de servidores devido ao aumento de tráfego;
  2. converse com a sua base de clientes por meio de uma pesquisa enviada por e-mail para conhecer a expectativa deles em relação a essa data;
  3. conheça muito bem o seu estoque para saber quais produtos podem ir para a promoção e quais são aqueles que mais atraem o consumidor para realizar a compra dos seus produtos ou serviços;
  4. Lembre-se de utilizar gatilhos mentais no seu material de comunicação para criar senso de urgência ou escassez, levando a sua base a agir mais rápida para realizar a compra;
  5. Faço o uso de cupons enviados por e-mail para valorizar os seus clientes recorrentes.

Estratégias para o dia da black friday

  1. Tenha um SAC treinado e pronto para responder as principais dúvidas dos consumidores. Isso é importante, uma vez que a black friday demanda que a sua equipe dedique mais atenção para evitar que o consumidor vá para a concorrência;
  2. Faça campanhas de remarketing para aquelas pessoas que visitaram qualquer página e para aquelas que colocaram um produto no carrinho mas não finalizou a compra;
  3. As capas das suas redes sociais são como vitrines para quem as acessa. Por isso, atualize-as para essa data especial;
  4. Coloque um pop-up de saída no seu comércio eletrônico com um incentivo para que a pessoa não saia sem realizar uma compra.

Estratégia para o pós black friday

  1. Para continuar vendendo após a black friday, mantenha o relacionamento com quem realizou uma compra.
  2. Além disso, tem aqueles que não compraram. Por isso, faça uma campanha com público semelhante nas redes sociais para levar esse público para uma landing page dedicada com uma promoção própria.

Por data

Categorias:

Como definir o público-alvo

Planejamento publicitário
Como definir o público-alvo

Saiba como definir o público-alvo

Definir o público-alvo não é uma tarefa muito fácil. Afinal, queremos vender para todo mundo. Mas, será que todas as pessoas precisam da solução que estou oferecendo?

Entretanto, o rápido avanço da tecnologia facilita o processo de definir o público-alvo, uma vez que deixamos muitos dados no meio do caminho quando estamos navegando.

Por outro lado, quando ocorre o lançamento de algum produto, serviço ou evento, como fazemos para entregar a melhor solução para o público?

Neste artigo, falaremos sobre os benefícios da correta definição de quem consumirá da sua marca e como a sua empresa obterá resultados positivos com isso. Acompanhe!

O que é público-alvo?

Podemos definir público-alvo como sendo um conjunto de pessoas, empresas ou organizações que compartilham dos mesmos perfis, interesses, gostos e localizações. Entretanto, esse conjunto não deve se limitar a apenas isso. Mas, é necessário realizar uma análise profunda em cada uma das características de cada grupo.

A análise do grupo é feita por meio de pesquisas para delimitar características que sejam comuns entre um recorte do grupo selecionado. Uma vez que a pesquisa foi feita, aprofundamos nos estudos sobre seus hábitos de consumo, comportamentos de compra, condições socioeconômicas, momentos de lazer e entretenimento.

Quanto mais informações forem coletadas na pesquisa, melhor. Isso é válido para manter um bom relacionamento com o público, aumentando as possibilidades da aquisição da sua solução.

Por outro lado, quando a mensagem da campanha publicitária da sua empresa é genérica, falando com todo mundo, o investimento acaba sendo alto em relação ao retorno que poderá ser obtido.

Então, antes de iniciar qualquer projeto de comunicação, pense como você pode definir o público-alvo.

Como definir o público-alvo

Antes de definir o público-alvo ideal para sua marca, é preciso levar em consideração alguns pontos. Tais como:

  1. Uma vez que será lançada uma solução, qual será a sua finalidade? Essa solução precisará resolver algum problema específico do consumidor. Mas é importante que o público perceba algum benefício do que ele adquiriu.
    • ao mesmo tempo, apresente ao consumidor o seu USP (unique selling proposition) que é a proposta de valor, o porquê do consumidor comprar a sua solução.
  2. Qual o perfil das pessoas que terão seus problemas resolvidos com a solução? Já que você conhece muito bem qual a finalidade do seu produto/serviço, chegou a hora de identificar qual o grupo de pessoas que mais se beneficiará com ele.
    • ao selecionar esse grupo, você estará criando um nicho, o que será ideal para transmitir a mensagem correta em suas campanhas.
  3. Além da solução principal do meu produto ou serviço, existe uma utilização secundária? Uma vez que você identificou uma outra solução, e que existe um outro grupo de pessoas que fazem uso disso, vale entender qual grupo é mais vantajoso para a sua empresa.
    • tudo bem que você pode vender para todos os público, mas é preciso entender que, quanto maior for o público-alvo, maior será o investimento em suas campanhas publicitárias.

Clique para baixar um passo-a-passo para definir o público-alvo


Critérios para definir o público-alvo

Uma vez que você entendeu como você pode definir o público que consumirá a sua solução, seguem alguns critérios que podem facilitar o desenvolvimento do público para a sua empresa:

  • Quem fará uso?
    • Pense em quem utilizará a sua solução. Empresas, pessoa física, organizações não-governamentais, etc;
    • Estabeleça os dados demográficos, tais como:
      • Pessoa física: idade, gênero, renda, escolaridade, estado civil, etc;
      • Empresas e organizações: porte, capital, quantidade de funcionários, sócios, etc;
    • Retrate o perfil psicográfico:
      • Entenda quais são os interesses, as atividades e as opiniões de quem fará uso da solução.
  • Onde está localizado?
    • Defina a região onde o seu público está localizado, assim como a região de distribuição da solução.

Resultados obtidos

Os principais benefícios que a sua marca terá ao definir o público-alvo são:

  • falar diretamente com um grupo de pessoas que realmente consumirá o seu produto;
  • menor investimento em comunicação, uma vez que essa atuará nos locais, meios e veículos de comunicação onde está o público;
  • desenvolver a melhor solução para aquele público, amparado em pesquisa e desenvolvimento;
  • criar conteúdos para o público certo;
  • fixar a imagem da empresa na lembrança do consumidor.

Por data

Categorias: